PRINCIPAL
HISTÓRIA
CASAMENTOS
CENTRO DE ESTUDOS
SEMINÁRIO
BIBLIOTECA
ÁUDIO
VÍDEO
ORGANIZAÇÃO
CELEBRAÇÕES
ENDEREÇOS
NOTÍCIAS
LINKS
LIVRARIA

Igreja Católica Liberal

Visite-nos no FACEBOOK!

RÁDIO
MÚSICA
SACRA


ACIONE ">" PLAY
ABAIXO PARA OUVIR

OUVIR A RÁDIO MÚSICA SACRA COM O WINDOWS MEDIA PLAYEROUVIR A RÁDIO MÚSICA SACRA COM O WINAMPOUVIR A RÁDIO MÚSICA SACRA COM O ITUNES OU QUICKTIMEOUVIR A RÁDIO MÚSICA SACRA COM O REALAUDIO PLAYER


ADQUIRA
LIVROS
DE
AUTORES
RECOMENDADOS






















eXTReMe Tracker


    batet

      Queridos Irmãos em Cristo:

    Neste ano a Quaresma, como  na Semana Santa, se nos apresenta muito cedo, e no início de abril teremos a Páscoa, e vemos como o "tempo" nos submerge na vida do ritmo.

      Desejo iniciar esta Carta Pastoral com uma história verídica que um clérigo de nossa Igreja da Argentina pôs à minha disposição:

    Um homem sentou-se numa estação do metrô em Washington e começou a tocar seu violíno numa fria manhã de janeiro. Durante os 45 minutos seguintes  interpretou seis obras de Bach.  Durante o mesmo tempo, calcula-se que passaram por essa estação mais de mil pessoas, quase todas à caminho a seus trabalhos.Decorreram três minutos até que alguém se deteve ante o músico. Um homem de média idade alterou por um segundo seu passo percebeu que havia uma pessoa tocando música.Um minuto mais tarde, o violinista recebeu sua primeira doação: uma mulher arrojou um dólar  e continuou sua marcha.Alguns minutos mais tarde, alguém se apoiou contra a parede a escutar, mas em seguida olhou seu relógio e retomou seu caminho.Quem mais atenção prestou atenção foi um menino de 3 anos. Sua mãe puxava seu braço, apressada, mas o menino plantou-se ante o músico. Quando sua mãe conseguiu arrancá-lo do lugar, o menino continuou revirando sua cabeça para  olhar o artista.  Isto se repetiu com outras crianças. Todos os pais, sem excepção, os forçaram a seguir a marcha.Nos três quartos de hora que o músico tocou, sete pessoas se detiveram e outras vinte deram dinheiro, sem interromper seu caminho. O violinista arrecadou 32 dólares. Quando terminou de tocar e se fez silêncio, ninguém pareceu agradecê-lo.  Não houve aplausos, nem reconhecimentos.Ninguém o sabia, mas esse violinista era Joshua Bell, um dos melhores músicos do mundo, tocando as obras mais complexas jamais compostas, executadas num violíno avaliado em três milhões e meio de dólares. Dois dias antes de sua atuação no metrô, Bell lotou um teatro em Boston, com lugares de ingresso com valores médios de cem dólares.Esta é uma história real.  A atuação de Joshua Bell como um incógnito no  metrô foi organizada pelo diário The Washington Post como parte de um experimento social sobre a percepção, o gosto e as prioridades das pessoas. A investigação buscava saber: num ambiente banal e a uma hora inconveniente, percebemos a beleza? Nos detemos para apreciá-la? Reconhecemos o talento num contexto inesperado?

    Uma das conclusões desta experiência, poderia ser a seguinte: Se não temos um instante para nos deter e escutar um dos melhores músicos do mundo interpretando a melhor música já escrita, que outras coisas estaríamos perdendo?

     O ritmo da vida pode ser para nós por um lado harmonioso ,sequencial em rítmicos ciclos naturais e profundidade de auto-observância.

    Desde o passado o Cristianismo antigo apresenta-nos a atitude interna que devemos ter na Quaresma, como um verdadeiro período de reflexão profunda , auto-análise e meditação.

    Por um lado observemos que a Quaresma é um período de reflexão e purificación com o final do Carnaval e sempre inicia após a festa popular, começando realmente na Quarta-feira de Cinzas.

    Em realidade o Cristianismo, tal como muitos católicos liberais pensam, é uma herança de filosofias, metafísicas e religiões mais antigas.

    A Biblia é uma coleção de escritos compilados de muitas fontes, a maioria das quais não podem agora se tratar com certeza. Uma luz reveladora nos é dada nos Rolos do Mar Morto. Estes escritos compilados , escritos e guardados zelosamente durante anos nos monastérios do Qumram na Palestina e as escavações de 1947 no Egito, em Nag-Hammadi, conhecidos como os Evangelhos Apócrifos e também os Evangelhos tradicionais , nos falam da atitude  "interna da Quaresma".

    Como dizemos na colecta da Quarta-feira de Cinzas ......." Precede-nos, Oh Senhor, em todos nossos atos....". Devemos manter essa guia interna, se aceitamos a ideia que o "Senhor" está no coração de todo ser humano e de qualquer criatura da Criação, nos inspirando  e ilumiando nossos atos.

    É tão significativo que no Primeiro Domingo de Quaresma, que segue à Quarta-feira de Cinzas, a intenção da semana seja:

    " EXAME DE SÍ MESMO"

    Na Quaresma propomo-nos viver momentos de reflexão e profunda espiritualidade em paz e serenidade. Desde a antiguidade diz-se-nos que este período foi observado pela Igreja como uma sã, profunda e reflexiva preparação para o tempo da Páscua.

    Reflexão profunda é voltar-nos decididamente para nós num estado de introspecção interior numa busca de nós mesmos, a alma, o verdadeiro ser interno, refllexo de Deus em nós.

    Muitos de nós, católicos liberais, aceitamos, sempre dentro do marco da mais ampla liberdade de consciência e crença, que Deus se manifesta Imanentemente e Trascendentemente, em tudo o que existe.

    Como ver a Deus em tudo e em cada criatura vivente no mundo, onde reina tanto caos, confusão, degradação, e superstição?  Como ver a Deus no ser humano, em nosso irmão, quando vemos a exploração do homem  pelo homem, sem pensar em danos nem conseqüências?

    Muitas vezes perguntamos-nos qual é a verdadeira causa profunda do desenlace do caos. Muitos opinam que as profundas causas aparentes da crise são exclusivamente econômicas, já que muitos pensam que  o domínio do combustível é essencial para o domínio do Planeta, por sua  aparente insustituível condição de gerar energia e mobilidade. Há quem opine que logo esse elemento de discórdia será substituído por outro, por exemplo se diz, que o conflito humano se focalizará na  água. Outros opinam que a causa de proteção do mundo dos atentados dos fundamentalistas não é mas que uma cortina de fumaça que disfarça a verdadeira causa do dominio econômico. Agora bem, analisemos mais profundamente este problema que estamos vivendo, um mundo em caos e em conflito. 

    Isto ocorreu uma única vez?  A história demonstra-nos que a ambição humana cobriu de sangue o planeta através dos séculos, envolvendo em loucura e desespero não só ao homem, e as religiões, ou melhor os homens atuando no âmbito das Religiões, que não são eximíveis de culpas.

    A Igreja Católica liberal, deu uma mensagem de muita amplitude e liberdade, desde seus primórdios, suas bases foram fixadas na tolerância às ideias, a compreensão com a diferença, e ainda, na tácita aceitação da origem única e divina de todas as religiões. Muitos católicos liberais vêem a Nosso Senhor como Pastor Único das almas do mundo, como Supremo Grande Instrutor dos Anjos e dos Homens. NUNCA DEVEMOS PERDER ESTA CONDIÇÃO DE LIBERDADE E TOLERÂNCIA, QUE NOS TORNA ÚNICOS DENTRO DO CONTEXTO DE OUTRAS IGREJAS IRMÃS. Mas isto não deve ser um motivo de orgulho ou sutil divisão, devemos humildemente fazer um contribuação ao contexto do mundo religioso, uma humilde doação, sem extravagâncias nem grandiloquências motivadas numa sutil crença do escolhidos, nem de ser os únicos, nem a única Igreja que possui a verdade, nem a única igreja eleita pelo Senhor para abençoar ao mundo.

    Nossa mensagem deveria  ser de unidade, contribuição no conhecimento, de reconhecimento a todas as grandes religiões do mundo, mais particularmente com as vistas fixadas na realidade alucinante que o mundo nos está a apresentar, fruto da irreflexão e atropellos humanos. O homem avasala com seu orgulho e irreflexão , tudo quanto encontra em seu caminho. Grandes problemas se avizanham para a humanidade caso não se produza uma tomada de consciência muito grande em muitos campos dos afazeres humanos.  Mas o mas triste e lamentável , é que não só o homem é o prejudicado por seu modo irreflexivo de atuar e pensar, mas sim que a Natureza toda é prejudicada, desde o mas ínfimo que entra à sua frente.  O ar que respiramos, e até o Planeta todo, está a ser bombardeado pela caótica maneira de pensar, sentir e atuar do homem. As comunicações em sua grande maioria e  a tecnologia são mau usadas nos meios de comunicação, e fazem que nosso ambiente mental e emocional  se vejam aturdidos e invadidos de todo tipo de obscenidades, mau gosto e geração de dependência a fins espurios, com a única e malsã intenção da cada vez mas converter ao ser humano numa massa e não num indivíduo pensante.

    Por isso, nada mais eloquente e grandioso neste momento que a intenção do Primeiro Domingo de Cuaresma, “Exame de si mesmo ”.Que esta Quaresma de 2010 nos encontre a todos, especialmente aos católicos liberais que cremos na evolução de tudo o que existe, numa Fé firme e sustentada na assistência do Sagrado, especialmente de Nosso Senhor e Nossa Senhora, e que não falte esta Fé  em momentos tão especiais para o mundo e a cada uma de nossas nações.

    Com minhas bênçãos para todos, desejo que esta Cuaresma nos encontre a todos firmes e constantes em Nosso Senhor e  Sua Igreja, PREPAREMOS-NOS PARA   VIVER O MISTÉRIO DA PÁSCOA.

     

    XMiguel            

    Bispo Comissário do Brasil